Informações
Forma de Governo:
República presidencialista
Presidente: Alassane Ouattara
Capital:
Abidjan (sede do governo), Yamoussoukro (administrativa)
Principais Cidades:
Yamoussoukro
Abidjan
Bouaké
Área do território:
322.463 km²
População:
21.570 milhões de habitantes
Idioma Predominante:
francês
PIB:
24,68 bilhões de US$ (2012)
Moeda:
franco CFA
IDH:
0,432 (2012)
Principal(is) fonte(s) de energia:
gás natural

align:left">Exibir mapa ampliado
cultura Cultura

Félix Houphouët-Boigny- primeiro presidente da Costa do Marfim

Foi o primeiro Presidente da Costa do Marfim, de 1960 até sua morte em 1993. Durante seu governo, mudou a capital do país de Abidjan para Yamoussoukro e construiu várias obras de infraestrutura, dentre as quais se destacam a Basílica de Nossa Senhora da Paz de Yamoussoukro.
Em 1991 foi criado um prêmio com seu nome, a ser concedido anualmente a pessoas ou entidades que tenham contribuído significativamente para salvaguardar a Carta das Nações Unidas e a Constituição da UNESCO. O Prêmio pela paz Félix Houphouët-Boigny é entregue pela Fundação Félix Houphouët-Boigny para a Paz. O único brasileiro que recebeu o prêmio foi o Presidente Luís Inácio Lula da Silva, no ano de 2008.

+ Cultura
O dundun
Também conhecido como dunun, doundoun, ou djun djun é o nome genérico para uma familia dos tambores graves africanos que se desenvolveram junto ao djembê na Áfri Ocidental. Os conjuntos que usam o dundun tocam um tipo de música que é denominada também como dundun . Conhecido como dundun em Yoruba, Nigéria. Existem três tipos: kenkeni (o menor), sangban (o médio) e doundounba (o maior). O kenkeni tem o diapasão mais alto e em geral mantém o ritmo em conjunto com um modelo simples.
Cote d'Ivoire Touristic
Vídeo produzido para a divulgação do país. Nele é possível identificar características próprias da cultura e traços marcantes do país e de suas origens.
Costa do Marfim- história
gastronomia Gastronomia

Attiéké

É um prato tradicional da Costa do Marfim feito com mandioca ralada que se deixa fermentar e, depois de seca, se coze no vapor ou em caldo, como cuscuz. Na Costa do Marfim este prato é servido com quase todos os alimentos, desde peixe frito ou assado até sopas e guisados, como o kedjenou.

+ Gastronomia
Kedjenou
É um guisado de galinha originário da Costa do Marfim, tradicionalmente cozinhado em embrulhos de folhas de bananeira, mas recentemente preparado numa panela de barro selada, chamada canari.
Para preparar a kedjenou numa panela, seja a canari, uma tajine, ou uma panela normal bem selada com folha de alumínio antes de colocar a tampa, juntam-se todos os ingredientes: a galinha cortada em pedaços pequenos, beringela, quiabo, cebola, malagueta, tomate, alho e gengibre, todos cortados em pedaços, louro, tomilho, óleo e caldo de galinha ou água; com a panela ao lume, mexem-se todos os ingredientes para misturar bem os sabores, depois tapa-se a panela e põe-se a cozer em forno brando, na chama ou placa de um fogão, em lume brando, (se a panela não for de barro), ou num fogareiro de carvão ou lenha. Não abrir a panela até ter passado tempo suficiente para cozer a galinha, mas deve agitar-se suavemente a panela com frequência, para a comida não pegar; depois de abrir a panela, se verificar que a galinha não está bem cozida, deve voltar a tapar-se e deixar cozer mais algum tempo.
Receita da Costa do Marfim
Curiosidades

Bouaké e suas raízes africanas.

É uma cidade da Costa do Marfim, situada no centro do país. Tem cerca de 831 mil habitantes. Foi fundada no fim do século XIX pelos franceses.
Em 1962, foram realizados em Bouaké os Encontros Internacionais de Bouaké, sobre a cultura tradicional africana. Estes encontros deram uma importante contribuição para uma nova abordagem do tema, no sentido de desconstruir a visão estereotipada e etnocêntrica herdada do colonialismo europeu.

+ Curiosidades
Questões Ambientais

Chimpanzés na natureza - Costa do Marfim

O termo chimpanzé aplica-se aos primatas do gênero Pan, da família Hominidae, subfamília Homininae, com duas espécies conhecidas: os chimpanzés-comuns (Pan troglodytes) e bonobos (Pan paniscus).
Estudos apontam que os chimpanzés são parentes próximos dos seres humanos na evolução; eles se separaram do tronco do ancestral comum por volta de 4 a 7 milhões de anos atrás, e ambas as espécies compartilham 98-99,4% de DNA.
Como o homem, o chimpanzé consegue reconhecer a própria imagem no espelho, (capacidade que poucos animais apresentam). Também são capazes de aprender certos tipos de linguagens, como a dos sinais.
Devido à destruição do seu habitat e à caça ilegal de chimpanzés pelo mercado de carne e de animais, pensa-se que restam apenas 150.000 chimpanzés nos bosques e florestas da África Central e Ocidental. Estima-se que no início do século XX havia aproximadamente dois milhões.

+ Questões Ambientais
Chimpanzés na natureza - Costa do Marfim
O termo chimpanzé aplica-se aos primatas do gênero Pan, da família Hominidae, subfamília Homininae, com duas espécies conhecidas: os chimpanzés-comuns (Pan troglodytes) e bonobos (Pan paniscus).
Estudos apontam que os chimpanzés são parentes próximos dos seres humanos na evolução; eles se separaram do tronco do ancestral comum por volta de 4 a 7 milhões de anos atrás, e ambas as espécies compartilham 98-99,4% de DNA.
Como o homem, o chimpanzé consegue reconhecer a própria imagem no espelho, (capacidade que poucos animais apresentam). Também são capazes de aprender certos tipos de linguagens, como a dos sinais.
Devido à destruição do seu habitat e à caça ilegal de chimpanzés pelo mercado de carne e de animais, pensa-se que restam apenas 150.000 chimpanzés nos bosques e florestas da África Central e Ocidental. Estima-se que no início do século XX havia aproximadamente dois milhões.
Costa do Marfim à beira da catástrofe humanitária
Principais Descobertas e Invenções

Petróleo costa-marfinense atrai interesse da Sonatrach.

A maior empresa petrolífera africana, a argelina Sonatrach, tem vindo desde o início do ano, procurar expandir a sua actividade no continente. Na sequência disso, esta semana, a imprensa francesa anunciou que a Cevital, sua associada, tem vindo a exercer “lobby” para fornecer gás liquefeito à Costa do Marfim, vulgarmente conhecido por Côte d’Ivoire, na língua francesa.

Depois dos marroquinos ao nível das finanças, construção e serviços, são os argelinos que se mostram atentos ao mercado marfinês, em particular no sector estratégico de petróleo e seus derivados, até aqui dominado pelas empresas francesas e suíças. A gigante Sonatrach pretende assim suprir as carências do mercado que se registam em Abidjan uma vez que a costa-marfinense Refining Company (SIR) só produz 25 mil toneladas por ano, para uma demanda de consumo de 150 mil toneladas por ano.

Se o grupo público argelino conseguir o seu propósito, eles podem colocar em risco os suíços da Geogas, que fornecem mais de metade das 120 mil toneladas por ano de LNG para a Costa do Marfim colmatar o seu déficite. Em Abidjan, o projecto da Sonatrach é liderado pelo empresário marfinense Koffi Zarour Hamed, director executivo da companhia internacional de comércio e agro-negócio (CICA), em parceria com Adam Iskounen, director de operações internacionais da Cevital.

A força da Sonatrach deriva não apenas das suas operações internas, mas ficou sobretudo patente quando em Junho de 2012 a companhia anunciou o seu plano de investimentos para os próximos cinco anos. Actualmente, o volume de negócios para a exportação chegou a quase 72 mil milhões de dólares em 2011, contra os 57 mil milhões em 2010.


+ Descobertas e Invenções
Esportes

Gabriel Tiacoh

Foi um atleta marfinense, especialista na prova de 400 metros, que se notabilizou por ter ganhado a única medalha olímpica para o seu país, feito alcançado nos Jogos Olímpicos de Los Angeles 1984. Foi detentor do recorde africano, entre 1986 e 1987, com o tempo de 44”30. Faleceu prematuramente, vítima de meningite, aos 29 anos de idade”.

Principais Esportes
Futebol

Drogba é considerado um dos melhores atacantes e jogadores em atividade no mundo. Le é especialista em cobranças de falta, apesar de ser um centroavante.

Basquete

O campeonato africano de seleções nacionais masculinas de Basquetebol (Afrobasket), é o torneio mais importante desta região e Costa do Marfim possui dois títulos desta organização.

Rugby

A Federação nacional de rugby foi formada somente em março de 1990, e no mesmo mês a federação se juntou ao International Rugby Board. Em 1995, se classificou para a Copa do Mundo pela primeira vez e sofreu derrotas para a Escócia, França e Tonga.

+ Esportes
Maestro Assessoria Educacional
Rua do Oratório, 977 - Mooca - São Paulo - SP
Tel: (11) 2601-5973
E-mail: mae@maestroassessoria.com.br

Copyright © 2014 Maestro Assessoria Educacional. Todos os direitos reservados.